Pimenta

0
136
pimenta

São vários os mitos em torno do consumo da pimenta. Durante muito tempo se acreditou que o fruto picante fazia mal à saúde. Há quem diga que o alimento agrave as hemorroidas, eleve a pressão sanguínea e ataque o estômago. Mas será que essas informações são verdadeiras?

A fama de vilã da pimenta não condiz com os benefícios que ela pode trazer para a nossa saúde. Estudos recentes revelam que ela é rica em vitaminas, sais minerais e substâncias antioxidantes. Por isso, a pimenta é considerada como um alimento funcional, capaz de prevenir doenças e melhorar o funcionamento do organismo como um todo.

Tudo sobre a pimenta

Propriedades Medicinais da Pimenta

A pimenta é fonte de vitamina A, C e E, além de potássio e zinco. Além disso, ela contém substâncias antioxidantes, que aumentam as defesas do organismo e retardam o envelhecimento natural das células. Em cerca de 28g de pimenta, encontramos toda a quantidade diária de vitamina C necessária para o nosso corpo. O betacaroteno, presente principalmente na pimenta vermelha, facilita a absorção da vitamina A e é capaz de reduzir os radicais livres. O licopeno também tem função antioxidante e previne o aparecimento de doenças cardiovasculares.

Veja algumas das propriedades terapêuticas da pimenta:

É cicatrizante;

Dificulta a formação de coágulos no sangue;

Auxilia no controle do colesterol;

Previne a arteriosclerose;

Combate a depressão;

Atua como anti-inflamatório;

Ajuda no tratamento da enxaqueca;

Reduz os níveis de açúcar no sangue;

É vasodilatadora;

Estimula o metabolismo e favorece o emagrecimento.

O Segredo Está na Quantidade
Como diz o velho ditado, a diferença entre o remédio e o veneno está nas quantidades. O consumo excessivo de pimenta pode sim agravar a hemorroidas ou agredir as paredes do estômago. No entanto, a ingestão moderada do fruto pode aliviar as úlceras e combater os problemas circulatórios. Quase todos os tipos de pimenta podem trazer benefícios para saúde, mas vale sempre a medida da moderação.

fonte:http://natural.enternauta.com.br/